20 anos e seus sonhos

O universo conspirou com força pra essa reflexão que eu compartilho com vocês hoje. Alguns dias atrás, enquanto eu maratonava One Tree Hill bem na sequência de episódios em que os personagens estão fazendo planos para o futuro, eu estava refletindo sobre algumas escolhas que teria que fazer e então, uma amiga conversa comigo e diz: “Bia, tem tanta coisa que eu queria fazer e não fiz”. Foi aí que algo me ocorreu. Nós somos muito novos para já desistirmos dos nossos sonhos, das nossas vontades. Nossa vida é hoje e a gente tem que viver ela no presente.

Nós então decidimos criar uma lista de tudo que queríamos fazer. Desde o maior sonho de nossas vidas até uma compra que tá na cabeça há algum tempo. Ela escreveu a dela, um amigo escreveu a dele e eu escrevi a minha. Queria te convidar a escrever a sua também. Qualquer coisa que você quiser, tudo que quiser. Ponha na lista. Não se cobre se um item perder a importância com o tempo ou se novos aparecerem. É a sua vida e você tem controle sobre ela, então você pode editar, adicionar e apagar itens. O que não pode é desistir. Sabe aquela frase a felicidade é o caminho, não o destino?

Ontem, eu completei 20 anos. Além de compartilhar a minha lista, queria também compartilhar um texto sobre a ideia de fracasso e imediatismo. Eu tenho agora 20 anos e podemos dizer que minha vida só está começando agora. Por que nos apressamos pra ter tudo resolvido? Nós somos muito novos para desistir e velhos o bastante para podermos tentar. Então vamos deixar as preocupações de lado e viver o melhor da vida hoje.

E, se quiser, a minha lista está aqui embaixo, para vocês poderem ver também. (clica em Continue Reading aqui embaixo).

Beijos e até mais!

Continue Reading

Quotes inspiradores | Dia da Mulher

Hoje é dia 8 de março de 2017, Dia Internacional da Mulher e, portanto, tem post especial sobre o assunto aqui no Quase Primavera (confira o de 2016 aqui e o de 2015 aqui). E como esse ano eu decidi compartilhar mais um texto da série ‘642 coisas para escrever sobre’ (leia aqui) eu resolvi que iria também rechear esse blog de frases e citações inspiradoras. Eu quero compartilhar esse mini guia (feito pela Avon) com conceitos importantes para serem entendidos, mas antes de tudo é sempre bom lembrar que o Feminismo defende a igualdade de gêneros (!) e não a superioridade das mulheres.

Fonte

Agora, o post está cheio de palavras inspiradoras para você ler e refletir. Começando já com essa do Alan Rickman (famoso Snape), para lembrar (segunda vez que digo isso nesse post) que, como o feminismo é um movimento de igualdade, os homens também podem (e deveriam!) ser feministas. E, portanto, esse post não é dedicado exclusivamente às mulheres, mas a todos. Porque a luta por direitos iguais afeta todos nós e porque você deveria ser inspirado também.

“Não há nada de errado com um homem ser feminista, eu acho que é para o nosso benefício mútuo” (Foto)
“Faça por você e não por eles” (Foto 1)   |   “Eu me visto para mim. Mulheres não estão fora para seu entretenimento” (Foto 2)
“Uma grande parte de ser uma feminista é dar a outras mulheres a liberdade de fazer escolhas que você não necessariamente faria para si” (Foto 1)   |   “Garota! Você é inspiradora e linda” (Foto 2)
Foto 1 | Foto 2

Para finalizar, essas duas últimas fotos para promover uma reflexão. Quem você é? Do que você gosta? Quantas vezes já foi silenciada, calada? Quantas vezes te impuseram a fazer alguma coisa? Quantas vezes você já deixou de fazer algo por causa de outras pessoas? Qual foi a última vez que você fez algo por si mesma? A todos que sentirem vontade, comenta aqui como já se sentiu, responda algumas dessas perguntas e opine sobre o assunto. Acredito que é com o diálogo e o debate que podemos crescer.

E, a todas as mulheres, um Feliz Dia da Mulher! Que a luta por direitos iguais continue!

Beijos e até mais!

Continue Reading

O dia que saltei de paraquedas pela primeira vez

Era domingo de Carnaval, mas eu não estava sambando. E eu preciso compartilhar essa experiência com vocês porque 1. foi a melhor coisa que eu já fiz, 2. eu quero muito tentar exteriorizar isso e poder voltar nesse post daqui algum tempo, com a garantia que a minha emoção de ter saltado de paraquedas pela primeira vez estava eternizada aqui e 3. porque eu quero muito inspirar vocês a viverem essa experiência também.

“Enjoy it. Because it’s happening.” – the perks of being a wallflower

Começando pelo começo, eu fui pela manhã com meu primo para Boituva (as três fotos acima são do salto dele, tiradas por mim), onde fica a maior área de salto de paraquedas do mundo. E eu estava muito nervosa na viagem. Pra começar, eu sou meio medrosa mesmo, nunca tinha andado de avião e, no dia do show do Legião (contei aqui), eu tinha ido no Kamikaze (um brinquedo de parque de diversões que consiste em virar de ponta cabeça) e eu gritei loucamente que iria morrer. Porque eu realmente achava que eu ia morrer. No domingo, no entanto, eu não fiquei com medo na hora de saltar. Eu ainda estava nervosa durante a viagem, mas quando chegamos e eu vi muitos paraquedas no ar, fiquei fascinada. Tanta gente pulando, eu não ia ficar no chão.

E então rolou toda a preparação, coloquei macacão, equipamento, conversei com o instrutor- que iria saltar comigo e fomos. Basicamente, você espera até poder fazer o salto, se prepara, ele explica tudo que vai acontecer, o que você tem que fazer e daí você aguarda o avião. Aí eu já estava ansiosa pelo salto. E não deu outra, eu me apaixonei pela vista. Conforme ganhávamos altura, eu não conseguia parar de olhar pela janela, fascinada. Eu via o chão cada vez mais longe, até que não vi mais ele. Já estava, literalmente, em meio às nuvens. O meu salto foi de 12000 pés, ou seja, 3600 metros de altura.

E pra ser sincera, quando você tá ali, na porta do avião e tudo que você vê é branco, é nuvem, você já se sente livre. Quando eu estava ali, na iminência do salto, tudo que eu queria era me jogar naquela imensidão. O meu instrutor estava fazendo os últimos ajustes (quem realiza o salto é ele, você não precisa pular), e eu já estava pedindo pra ir logo, puxando pra frente, porque a ansiedade era demais. E não tem como explicar em palavras como é incrível. Quando eu tento, vem uma emoção forte no peito, uma animação, uma adrenalina, uma sensação que eu acredito que não vai passar tão cedo. No segundo que você sai do avião, que você pertence às nuvens, é tudo um sonho. Você quer gritar, gritar de felicidade, gritar de conquista. Eu caia, passava pelas nuvens, e, durante os 50 segundos de queda livre, tudo vale a pena e eu só me sentia viva.

A queda livre é um sonho e quando acaba, você vê novamente o chão e as casas e aquela paisagem linda, o paraquedas abre e o sonho não acaba. Eu olhava para baixo e só conseguia pensar como o mundo é grande e como nós somos pequenos. Como aquela sensação era boa e eu não queria parar com aquilo. Aliás, eu pedi muito para o instrutor não me descer, porque eu não queria pousar. Eu estava completamente fascinada, apaixonada por aquela sensação.

“In that moment, I swear we were infinite.” – the perks of being a wallflower

E eu termino esse post como eu comecei: foi a melhor coisa que eu já fiz, a melhor experiência que já vivi. Quero voltar a ler esse post e ainda sentir essa emoção. E eu espero, de coração, que inspire você a sair da sua zona de conforto e fazer algo pela primeira vez, enfrentar um medo, se colocar à prova, fazer aquilo que você sempre sonhou fazer.

Por favor me conta, qual foi a sua melhor experiência já vivida? Já saltou de paraquedas?

Beijos e até mais!

Continue Reading

Look: black boots

Look do dia no blog porque eu estava morrendo de saudade (o último foi há quase um mês). Esse look foi usado para sair à noite e eu amo demais ele porque tem meu vestido, bota e choker favoritos (♥). Ou seja, quero usar todo dia! A bota é uma Bottero estilo coturno com salto grosso e tratorado e ela é super confortável. Posso ficar 6 horas direto em pé que não me canso e não me machuca. Amo muito mesmo! O vestido é um preto básico com um recorte frontal e que é um super achado de promoção. E a choker foi amor à primeira vista por causa do pingente de estrela. Eu amo estrelas, pra quem não sabe.


Eu gostei muito dessas fotos e me segurei para não postar mais do que já está aqui. Ah, e pra quem se pergunta se o look do dia foi usado mesmo, como é fotografado e coisas do tipo, todos os meus looks postados aqui eu realmente usei. Esse, por exemplo, como eu usei à noite, eu fotografei ele com os detalhes de acessórios no espelho no dia que usei e, outro dia, vesti novamente para fazer essas fotos para que elas fiquem com mais qualidade e dê para vocês verem o look melhor. Ah, e pra eu me divertir fazendo isso porque é sempre muito gostoso. Essas fotos foi Nanda, minha amiga, quem tirou.


O que achou do look?

Beijos e até mais!

Continue Reading