[Texto] Planilhas e planos de vida

Eu procurava estabilidade. Depois de 27 anos de relacionamentos fracassados, eu finalmente estava satisfeita com minha situação pessoal (excelente cargo, um bom apartamento, viagens à trabalho), todo o meu plano de vida estava acontecendo como o planejado e há dois anos eu comecei a procurar o parceiro ideal para, finalmente, casar. Esse era o próximo passo, a próxima meta. Idealizava alguém com um perfil pessoal compatível com o meu, que também quisesse estabilidade.

Você apareceu. Foi como um romance adolescente. Um cruzar de olhos, um interesse súbito, aquela curiosidade de conhecer o outro. Duas semanas depois, eram telefonemas que se estendiam por toda a madrugada. Dormimos tarde após tomar um pote de sorvete numa noite fria e acordamos cedo para ver o sol nascer com uma xícara de café. Brigas entre quatro paredes e gritos em público quando parecia que o trabalho nos consumia. Maratonas de filmes num domingo, sair para correr aos sábados, viagens não planejadas quase toda semana.

Seis meses depois, larguei o emprego e nós passamos três meses viajando, fotografando, caminhando. A vida tomou outro rumo, uma bagunça fora das minhas planilhas e projeções que eu não era capaz de prever. Então eu percebi: não precisava de estabilidade, só precisava de você.

Você também pode gostar:

6 Comentários

  1. Que texto bonito!
    Acho que no fundo isso é o que todo mundo quer de verdade, alguém que nos mova o chão, que nos tire da zona de conforto e que nos desestabilize <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *