Um sorriso de lado

Foto
Foto

     Três meses naquela escola e nós nunca havíamos conversado. Você não era da minha turma, mas eu já tinha te visto de longe. Entreguei a prova de química e saí. Ao redor da escola não tinha tantos alunos quanto eu esperava, pelo visto eu tinha terminado rápido. Sentei no gramado para esperar meus amigos e coloquei os fones de ouvido. Era um dia bonito. De sol, mas não estava abafado ou queimando a pele. Estava olhando para o longe, admirando o céu, quando algo tampou minha visão. Algo não, alguém. Você. Tênis preto, jeans escuro, alto, moreno, magro e forte, ombros largos e cabelos caídos. Quando meu olhar encontrou o seu, você sorriu. Eu tiro meus fones de ouvido, reparando que mal sabia qual música estava tocando. Estou confusa.

     – Oi, me chamo Henrique – você diz, sem parar de me encarar, quase como me avaliando.

     – Me chamo Priscila.

     Você sorri com minha resposta. Um sorriso de lado. Continuamos nos encarando. Eu ainda estava confusa, esperando você dizer alguma coisa. Um sorriso inteiro agora. Parecia muito tempo, mas foram questões de segundos até que eu percebesse um movimento, alguém que se aproximava. Minha amiga que chega e senta ao meu lado. Um grupo de amigos seus que querem te mostrar um jogo no celular.

     Nosso contato visual havia sido quebrado. Não soube se você tinha algo para me falar ou quanto tempo de fato durou nosso curto diálogo. Você e seus amigos em pé, ao meu lado esquerdo. Quase o time completo de basquete. Mais uma amiga que chegava e reparo que vocês estão saindo dali. Começamos a discutir a prova e algum tempo depois, estava distraída com as meninas.

     E então já era hora da próxima aula. Me levanto e então te vejo. Próximo da quadra, ainda com seus amigos, mas você também me vê. E então, mais um sorriso de lado.

Você também pode gostar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *